"Eu precisava me desligar do mundo para se sentir viva. Precisava ser lúcida. Era questão de escapar e enxergar sem corrupção. Solidão era o preço a pagar por ser eu mesma."
— D. A. Souza
"Portanto, lá estava eu: sem ter nada de intelectual, de artista; nem tampouco as raízes redentoras do homem comum. Me sentia dependurado com uma espécie de rótulo indefinido e muito receio, sim, que isso marcasse o início da loucura."
— Charles Bukowski
"Algumas pessoas nunca enlouquecem. Eles devem levar uma vida verdadeiramente horrível."
— Charles Bukowski
"As pessoas mais difíceis de ser amadas, são as que mais precisam de amor."
— Kristen Stewart
"Dores que passamos durante o crescimento as vezes doem como se fosse direto no seu coração. Nos momentos em que você sente a mudança acontecendo e você sente o seu coração, mente, corpo e alma resistindo ao máximo que podem, tente não resistir somente por um momento. Deixe-se levar! É como aquela citação que eu sempre amei: “E o dia chegou , em que o risco de permanecer presa em um botão se tornou mais doloroso do que o risco de florescer”. Não perca uma chance de seguir adiante. Sonhe um pouco acordado. Não se apavore, aceite essa forma de crescer. Você irá olhar para trás em seu coração e se agradecerá por não ficar parado quando o que você mais precisava era seguir em frente."
— Hayley Williams
"Vai chegar o dia em que todos vamos estar mortos. Todos nós. Vai chegar o dia que não vai sobrar nenhum ser humano sequer para lembrar que alguém já existiu ou que a nossa espécie fez alguma coisa nesse mundo. Não vai sobrar ninguém para se lembrar de Aristóteles ou de Cleópatra, quanto mais de você. Tudo que fizemos, construímos, escrevemos, pensamos e descobrimos vai ser esquecido e tudo isso aqui vai ser inútil. Pode ser que esse dia chegue logo ou que demore milhões de anos, mas mesmo que o mundo sobreviva a uma explosão do sol, não vamos viver para sempre."
— A culpa é das estrelas

Os olhos já estão a colar devido ao sono. Meus pensamentos acabaram de entrar em transe. É meio difícil distinguir sonho e realidade agora. Meu corpo esta dormente, me pedindo de joelhos para que eu o repouse sobre uma cama macia e quente. Mas a minha teimosia é aniquiladora. Meus sentidos corporais não são páreos para a minha mente. Ficarei acordada. Quem sabe eu encontre você entre um devaneio e outro? É bom estar alucinado durante a madrugada. Ou talvez, a única coisa realmente boa neste papo seja estar com você.

Há duas horas atrás estávamos tomando café e assistindo tevê. Eu sei. Minha vontade de te ver de novo chega ser paranoica. É, eu sei. Mas sabe de uma coisa? Amor não se espera. Discarei seu número agora. Desculpe-me incomodar. Ou então não me desculpe, só esculte. Estou incomodada com o lado vazio da cama. Não admito que o seu cheiro se esvaia do travesseiro. Portanto amor, esquece os padrões, os perigos, os ponteiros do relógio e vem pra cá. Corre pra mim. Nós sabemos. Aqui é o seu verdadeiro lar. Traga a mala, escova e o seu livro favorito. Vamos ficar conversando até as três. Provavelmente sobre coisas idiotas, por que é isso o que somos. Mas pouco importa o vocabulário. O essencial é você.

Assim, eu poderei dormir. Com toda paz do mundo pairando sobre meu corpo. É isso o que acontece quando pouso a cabeça em seu peito e adormeço com os batimentos do seu coração.

D. A. Souza

Mas quando nossos dedos se entrelaçam eu não posso negar que você vale a pena.